**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Palavras ao vento...


Nesta vida poética
palavras escrevi
pensando em ti
vestindo-as com paixão
saídas do coração com amor,
com muito amor
e hoje sofres a dor
de guardares no teu peito,
que pulsa de arrependimento,
num confuso sentimento
de amor escondido,
mas que desejas gritar  ao Mundo,
que foi o teu amor real,
vivido, sentido,
e será sempre um amor,
um amor inacabado em Poesia,
nas palavras,
mas será consumado
por ti nos gestos
e atitudes para comigo!


Palavras ao vento,
que esse vento amigo
fez chegar a mim!


José Manuel Brazão


Chega! Vou calar o verso e trancar a alma,
e não aceito que me peçam calma...
Vou rasgar as letras e lançá-las ao vento,
será assim o fim do meu tormento...


Anna Carvalho




Anna
Um belo momento com a tua participação especial.
Beijo do ZÉ

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.