Outros Blogs do meu grupo:

*

*

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Com a Poesia te conheci

Entre o tempo
de ler poemas,
conhecer os Poetas,
tentar ver o ser humano,
que existe diante de nós,
cheguei a ti
e deparei com uma Mulher
expressiva, generosa
de pura sensibilidade!

José Manuel Brazão

segunda-feira, 24 de abril de 2017

O amor viverá sempre em nós

Vivemos um ontem
como se não houvesse tempo,
mas todos os instantes foram encanto,
e hoje distantes existe o espanto
da ausência com uma presença desejada,
em que ambos pensamos
que o amor viverá sempre em nós
como raízes profundas duma árvore especial
a Vida ...

José Manuel Brazão

quarta-feira, 19 de abril de 2017

A vida sorriu para mim

Pouco pedi à Vida,
apenas aquilo
que fosse merecedor!

Pacientemente
aguardei os momentos,
doando
o que meu coração
um coração sofrido,
mas sempre pulsante,
nas mãos da Vida
entregava esse amor,
que guardo
no cofre da minha alma!
Recebi
mais do que esperava,
mas senti
que foi tudo o que mereci!
E assim
a Vida sorriu para mim
e eu abraçei esse amor
que não me larga, a Vida!

José Manuel Brazão

"Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos"
 (Provérbio chinês)

terça-feira, 18 de abril de 2017

Celebração

Corro para os braços da Vida,
sentindo no teu corpo,
a dor do passado,
a infância que querias tua
e recebeste a do teu destino!

Cai a chuva no nosso abraço,
ficas mais aliviada, por vestires
a manta encantada
com que te abrigo
e esqueces nesse momento
a dor do passado
e neste corre, corre pela vida,
vês em mim
o amor que querias ao teu lado
e a tua flor se abrindo...!

José Manuel Brazão


http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=Ga1dGEsUyME#!

Isso é o que importa!

Aceitar no tempo
aquilo que vida dá de belo
e evitar aquilo que provoco
em momentos infelizes,
por impaciente,
irreverente
e confiante demais!

Nem sempre o que nos atrai
será uma luz... !



José Manuel Brazão

sábado, 15 de abril de 2017

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Passeio a felicidade

Passeio-me no chão da Vida
como sendo o princípio de tudo em mim,
na busca da Vida que desejo,
que tudo se transforme
e sinta aqui dentro do meu peito
a saudade que não esquece
tudo de bom que aconteceu
e eu assim passeio a felicidade!

José Manuel Brazão

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Brisas de amor

Vejo a tua imagem
sempre em mim;
penso e escrevo
o amor que  envolve
as nossas vidas
e te envio
por esse vento amigo
minhas palavras
em poemas
que atravessam este mar imenso
e chegam a ti
pousando em teu colo.

Abraças e beijas
cada uma delas,
acaricias
como se fosse meu  corpo!

Olhas o horizonte,
fixas o mar,
esperas pelo vento
que me trará
teus pensamentos
de paixão e amor,
que guardavas em teu coração!
E este vento amigo
de mim tudo levou
e de ti trouxe a esperança
de sermos felizes
no resto dos nossos caminhos!

José Manuel Brazão

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Os dias passam...


Os dias passam
eu me iludo
por acreditar,
eu me desiludo
por ter acreditado!

Eu me entristeço;
mas logo me alegro,
porque
vale a pena acreditar
naqueles que tudo dão
para nada receberem!

Naqueles que são leais
a mim e aos seus ideais!

Vale a pena viver
com aqueles
que dão a mão
para usarem a força da razão
em vez da razão da força!

Os dias vão passando
e eu amando a Vida!

José Manuel Brazão

Procuro a felicidade


Durante esta passagem pela Terra que a tenho procurado, mas não a tenho encontrado e muito menos conquistado. Já cheguei a pôr em dúvida a sua existência ou que se tratasse duma miragem, dum mito!

Lendo recentemente pensamentos de humanistas que sempre admirei, parei e reflecti sobre alguns:

“Não existe caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.”
(Mahatma Ghandi)

“Nosso cérebro é o melhor brinquedo já criado: nele se encontram
todos os segredos, inclusive o da felicidade.” (Charles Chaplin)

“Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.” (Francisco Cândido Xavier - Chico Xavier)


Procuro na utopia … ser feliz

Procuro sonhando
o que não encontro acordado.
Sonho com a vida
que me falta conhecer;
Sonho com as pessoas
que amo em silêncio
e que quero ajudar:
amando!
Sonho com as pessoas
que me ouçam,
me entendam.
É bom sentir-me vivo,
olhando para trás
e vendo
que não posso viver
um novo começo,
mas que posso viver
um novo fim.
Procuro na utopia,
a esperança
de ser feliz,
serenamente …

José Manuel Brazão
22.04.05

Esta vida que é um caminho percorrido por nós com muito erros, muitas distracções e, pior que isso, com invejas, intolerâncias, ódios que não contribuem para a paz e harmonia entre os Homens e, consequentemente, no Universo.
Nesta fase da minha vida resta esforçar-me por conhecer melhor o caminho (Ghandi), tentar descobrir o segredo ( Chaplin) e fazer um novo fim (Chico Xavier) e continuar a conquistar momentos felizes.

Momentos felizes, sim!

José Manuel Brazão

Adorei ler-te querido ZÉPOETA!
Olha, não te conheço pessoalmente, não sei de tua vida, dos amores, das alegrias, das solidões, das dores, das felicidades que já tiveste. Não sei de nada disso...sei apenas que já conheço-te por teus versos belissimos, tuas frases poéticas transcendentais, e falo isso de coração aberto...não generoso... mas verdadeiro!
Só sei que acho que tens uma vida inteira ainda pela frente e que o amor que vive eternamente no teu coração e na tua alma tenho a certeza que ainda te darão momentos felizes...muito felizes e que hás-de amar e ser amado como mereces...como merece alguém que tem tanto amor para dar, que escreve o amor com tanta meiguice...com tanto brilho!
te aplaudo meu querido amigo poeta e deixo aqui um beijo grande e um carinho na tua poética alma!
Celina Vasques