**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Enquanto há tempo!

O tempo não pára
e como queriamos
que ele parasse
em momentos sonhados
para os viver,
ter os sabores
desses amores
que estão distantes
estiveram tão perto de nós
e por instantes
vem a saudade,
a nostalgia
de não haver o tempo
de ir para ti
enquanto há tempo!

José Manuel Brazão




1 comentário:

  1. O tempo por vezes parece escapar por entre os dedos sem dar tempo para nada... por outras parece recusar-se a passar... acho que depende da situação, do estado de espírito, da emoção e do momento.
    Bonito!

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.