**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

No jardim dos meus amores

No jardim dos teus amores
brotou uma flor diferente
flor com sentimento
flor que chora por dentro

Quando distraído tratas doutras flores
Aquela, que é a mais formosa,
Derrama pétalas as dores
Acostumada aos teus carinhos, quando sem
Põe-se à sangrar os espinhos

Das flores que tu cultivas (cativas)
Algumas ficam expostas e são colhidas
Outras tantas por falta d'água perdem vida
Há ainda outras por ti esquecidas,
Que fazem caminhos de pétalas
como esperança que tu às colecione por toda vida

Mas a rosa mais viçosa anda por ti sofrida
Perderás rosa formosa,
Que julgas-te amor em tua vida
Faz algo se há tempo, ela verte sangue em vida
Pois ás pétalas da ROSA rara,
Por ti não serão esquecidas.

Anna Carvalho
em participação especial

[....]

No jardim
do meu coração
vejo as rosas
que exalam amor!

Cuido delas
como se fossem crianças,
donzelas ou mulheres!

Logo pela manhã
sorriem
para cuidar delas:
ficarão viçosas,
generosas,
sedutoras
e carinhosas,
para o poeta
mais uma vez
se inspirar
na paixão,
no amor,
no romance
e no sonho!

Mais tarde
e na vida,
terei alegria
por praticarem
o que lhes ensinei
no jardim
do meu coração
e expresso
através da Poesia!

José Manuel Brazão
<

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.