**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

sábado, 31 de março de 2012

Relembrando: O nosso amanhecer!

Este amor inacabado,
sem limites e tempo,
vibra intensamente
em nossos corações,
vivem próximos:
não passam um sem o outro!

Um amor vestido de saudade,
por cada momento
que se afastam…

O nosso amanhecer é radioso,
nasceu dentro de ti
e passei a vivê-lo!

O anoitecer não o vejo,
esqueci-o!

Nosso amor está vivo,
com o amanhecer,
após outro amanhecer…
… e assim será…
até sempre!

José Manuel Brazão
05/03/2011

Querido Zé
Belíssimo poema, amoroso e verdadeiro!
Beijão
Anna



Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.