**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Saudade do teu olhar



O teu olhar
levou-me à paixão.
depois ao amor!


É um amor sem limites,
sem hesitação,
bebendo as tuas palavras,
a tua dedicação,
o teu amor em silêncio,
por vezes escondido,
outras vezes assumido!


Ninguém roubará
este amor que corre,
que se alimenta em nós!


Já não chega
a saudade do teu olhar;


O meu amor
pede
o teu corpo,
a tua alma!


José Manuel Brazão


Maria disse...
Amigo, excelente poema como sempre.
Há olhares que nós marcam para a vida inteira, primeiro com o fogo da paixão, depois ao longo dos anos tranforma-se em amor, mas há que manter sempre acesa essa chama do amor.
As suas poesias são simplesmente divinais.

"A poesia é a arte de materializar sombras e de dar existência ao nada." (Edmund Burke)
Bjs do tamanho do infinito

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.