**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Saber amar!


Na vida existe amor: usado, maltratado e respeitado!

Não basta dizer: te amo!

Ambos necessitam de saber amar, com entrega incondicional,
descobrindo as características do homem e da mulher.

Todos somos diferentes e não podemos pedir comportamentos semelhantes, mas a aproximação dos pontos comuns que originam estabilidade e serenidade suficientes para uma vivência sã!

Ao longo de anos a convivência muitos casais ainda está por descobrir; não se conheceram o suficiente e daí nascem as inevitáveis divergências e por vezes tornam-se irreversíveis!

Ficam esquecidos sentimentos como a sensatez, a tolerância, a humildade e herdados do passado, princípios que levem à fusão destes sentimentos que enriquecerão o amor!

Saber amar, está longe de nós nos convencermos que é um dado adquirido!

Neste mundo distraído e distante, se quisermos vislumbrar momentos felizes, não podemos alhear de factores que menosprezamos, mas são fundamentais para a nossa Vida e para o futuro dos nossos seguidores como sejam: os Filhos!

E citando Dalai Lama: “A vida sem amor não tem sentido”!

Saber amar é uma aprendizagem; depois pratique-a!

José Manuel Brazão


Belo e reflexivo texto e se me permite traduzir : o amor verdadeiro fundamenta-se no conviver com as diferenças...qual o mérito em amar o que é belo, atraente, sensível e agradável para nós? Só existe amor quando tudo que parece defeito é superado porquanto não somos perfeitos e mesmo assim almejamos ser amados. É uma conquista diária recíproca e repleta de encontros e desencontros; encantos e desencantos em prol da trama tecida que se chama Amor!

Claudete

"Saber amar, é saber deixar alguém te amar..."
Aplausos a vc, querido Zé!
Parabéns pela brilhante mensagem de amor que nos transmite em seus textos!
Bjinhos!
Patricia Ximenes

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.