**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

domingo, 15 de abril de 2012

Não voltarei...



Voltei a um tempo
em que tudo parecia sonho,
encanto, amor,
tudo parecia eterno,
um amor eterno,
mas na realidade
não fui amado,
apenas desejado
e quando me lembro
destas palavras:
vou amá-lo sempre,
meu coração será sempre teu
e sabes disso,
meu coração sofrido
só pede: não voltes
e não voltarei...

Fico com a saudade
que navega em minha alma!

José Manuel Brazão

 .. que sejas Feliz e o teu Filho Isac!
Beijo do ZÉ

Não importa para onde vamos seguindo,
entre nós sempre haverá a lembrança
de um olhar, de um carinho,
e da integridade de momentos sinceros.
- Mario Quintana – 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.