**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

domingo, 1 de janeiro de 2012

Vento amigo


Vejo a tua imagem
sempre em mim;
penso e escrevo
o amor que envolve
as nossas vidas
e te envio
por esse vento amigo
minhas palavras
em poemas
que atravessam este mar imenso
e chegam a ti
pousando em teu colo.

Abraças e beijas
cada uma delas,
acaricias
como se fosse meu corpo!

Olhas o horizonte,
fixas o mar,
esperas pelo vento
que me trará
teus pensamentos
de paixão e amor,
que guardavas em teu coração!

E este vento amigo
de mim tudo levou
e de ti trouxe a esperança
de sermos felizes
no resto dos nossos caminhos!

José Manuel Brazão


* O Poeta que beija as duas bandeiras *


Amigo Zé!
Puxa vida mas que poema mais linnnnnnnnnnnnnndo!
Este dá para chorar e como...
Quanto lirismo!
Sem palavras.
Bjos
Carol

O amor ultrapassa vendavais,
oceanos,
se for caso disso
porque jamais encontra barreiras para o sentir.
Um grande abraço, Zé.
Vóny Ferreira




Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.