**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Te deste!

Pareço sonhar, mas existes
no tempo que vivo.
Te desejo no meu constante
pensamento e tu negas
sem convicção
o querer, o desejar!

Sabes
que o teu sorriso
me aproximará
e esse momento de amor
não recuará...

... sorriste
e despojada de receios
te deste...

Teu corpo
pediu o meu percorrer
e senti tua pele sedosa,
húmida, brilhando
como o Sol reflecte no mar!

Minhas mãos e meus lábios
sentiste,
tuas ancas dançaram
teus braços me envolveram
nossos corpos não mais pararam...

Te deste, sentiste
e amaste!

O prazer aconteceu
e teus olhos disseram:
jamais esquecerás
esse momento
da nossa entrega
na hora de amor
salgado bem temperado
como convém...

José Manuel Brazão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.