**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Um pedaço meu

Longa vida,
entregando-me aos outros.
Uns entenderam-me.
Outros ignoraram-me!

Longa vida,
com alegrias:
o caminho era esse.
Com tristezas:
erros que não entendi.

Tenho tempo para os corrigir,
pedir o meu perdão
e perdoar aos que erram comigo.

Em cada pessoa vejo um amigo,
e depois …
As desilusões, os desencontros,
a angústia invadindo meu corpo,
palpitando o meu coração.

Renasce a esperança,
creio e vou por diante.

Há sempre um pedaço meu,
com verdade e amor,
compaixão e tolerância,
um sorriso vibrando Luz.

Um pedaço meu,
que levarei comigo,
na viagem necessária …

José Manuel Brazão

aquazulis
Zé, você tem um coração imenso; amor para dar e vender! Que as desilusões e os desenganos nunca empalideçam o seu sorriso. Abraço!

1 comentário:

  1. As desilusões acabam por se esquecer, mas os verdadeiros amigos ficam para sempre. Muito bonito!

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.