**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

domingo, 4 de dezembro de 2011

Nasce o dia...

Há muito tempo
que vejo o Sol nascer…
Já nem me lembro
quando foi…!

Nem sempre
ele me sorri,
por vezes
 parece cinzentão,
mas quase sempre,
brilha e aquece
o meu coração!

Tu
minha alma querida,
ficas triste,
muito sofrida,
incompreendida!

O teu amanhecer,
nem sempre é igual.

Eu
com fé inabalável,
vejo mais perto
o teu desejado Sol;
Sereno, digo-te:
chegará o teu amanhecer!


E eu
distante mas próximo,
verei e sorrirei
quando esse amanhecer chegar!

José Manuel Brazão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.