**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Triste, flor triste...



Passeio
pelo teu jardim,
quando preciso
de repensar
momentos da vida,
onde procuro a razão!

Olho
todas as flores
e lá estás
num canto
feito para ti!

Gostas
de te fechar em ti!

Não aproveitas
o Sol que te ilumina
e assim te chamo:
Triste…
flor triste!

Mas
num destes dias,
venho
Com um carinho,
por este caminho,
paro,
olhas para mim,
sorris
e eu feliz,
não te chamarei:
triste…
flor triste,
mas
a rosa viçosa
do jardim do encanto,
jardim de todos os dias,
que me restam…

José Manuel Brazão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.