**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

sábado, 15 de setembro de 2012

Reencontro com a Paz!




Suspirámos
no tempo,
a busca dessa paz,
que nos fugia,
quando antes
permanecia em nós!

Buscámos
no tempo,
a razão dessa ausência!

Lutámos
no tempo,
pela sua reconquista!

Reencontrámos
neste tempo,
tu como anjo meu
e eu como anjo teu,
essa paz rejuvenescida
com tudo que a compõe:
a compreensão,
a tolerância,
a amizade,
tudo
com muito amor!

Um encanto que voltou
por uma esperança
nunca perdida,
porque ficaram em nós,
as raízes desse amor!

José Manuel Brazão


[....]

Busco em meu recanto
O breve arfar de asas
Pouso em nuvem branda
O céu invade meu ser
Inundando a alma de azul
Nos caminhos que traço
Sigo os passos que deixei
Todos eles no encalço
Desse amor neon-brilho
E tudo é muito intenso
Lá fora e dentro do peito
Momentos mágicos repartidos
Nossos corpos entrelaçados
Eternizando o momento fugidio
Um amor assim é êxtase
O apogeu da compreensão
É o âmago da paixão
Espelho, graça e gratidão
Um amor assim: todo ele doação
Repouso sobre minhas lembranças
Relíquias de esperança
E me ponho a esperar.

Luciana Silveira

1 comentário:

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.