**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Acreditamos


Essa demora para anoitecer
E dias passam como nuvens
Eu sei que não vou passar
Dias brancos, fios cortantes
Anseio por nossos instantes
Minha palavra é quase nada
Mas esse sentimento é tudo
Circulos vazios de fumaça
No abajour do meu quarto
Neste teclado empoeirado
Cansado de tanto esperar
Você chega com teu olhar
Tocando o cerne da alma
Tua imagem então aparece
E tudo em volta me apetece
Me deixa enfeitar teu corpo
E cobrir de estrelas teu cabelo
Saciarmos a fome do desejo
Aplacar a sede em um beijo
Permita-me te amar.

Luciana Silveira 

[....]

Acreditamos…

Um amor como o nosso
é sempre possível!

Acreditamos no viver
que existe em nós,
que sentimos o raiar do Sol,
a luz sorridente da Lua,
a paz, a harmonia,
que trouxe este amor!

Amor impossível?

Nunca este amor
foi tão forte,
com chama,
com ajuda entre nós,
nesta união saudável
de encanto,
muito encanto,
em que acreditamos…

José Manuel Brazão



Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.