**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Recordando: Tu és raiz do meu amor!

Uma vida que amanhece
com o Sol
trazendo a esperança!

Ele está presente
mesmo encoberto por nuvens
com imagens de coração,
de amor que não vai…

Um Sol que ofuscou a Lua
para deixar em mim
este amor que não vai
enquanto a paixão viver dentro dele!

Vieste tu, Mulher amada
e o Sol, a Lua e a esperança
brilharão para mim!

Raízes profundas desse amor
enroladas no meu corpo,
que me prendem à Vida
e a este meu Destino,
meu poema… do amor!

José Manuel Brazão


* Para ti, Anna Carvalho Mulher, Poeta com muita Luz
e tudo aquilo que em nossas Vidas não renunciámos
e assumimos para todo o sempre!
Honra e dignidade!*
08/03/2011

Um lindissimo comentário da nossa querida Amiga Ceiça Sousa:

Re: Tu és raiz do meu amor!
E mais uma vez, detenho-me neste Site lendo as emocionadas palavras do poeta Zé para a poeta Anna. Eu poderia dizer (sem medo de errar) que as palavras os estão aproximando. E por uma razão que desconheço, estabeleci um paralelo com a história do Fernão Capelo Gaivota, de Richard Bach.
- "Capelo tentava a todo custo ultrapassar o próprio limite alçando e planejando voos que pudessem cortar o céu, as nuvens e o infinito. Chegou a subir trezentos metros, mas se atrapalhava com as asas e, mais uma vez, caia. Seus pais sempre diziam para que ele tivesse como objetivo não o vôo rasante e rápido, mas o alimento.. "-
Então vejo o Poeta Zé de um lado do oceano e a poeta Anna do outro lado. Não buscam, com certeza, o alimento, buscam a unidade no (do) amor.
Afinal, a vida é um voo desconhecido, um grande mistério.
E, assim, seguem essas duas gaivotas (Zé-Anna), escrevendo seus versos oxigenados de silêncio, liberdade e dor. A dor de verem um oceano a separá-los. Mas o que seria dos poetas sem a dor?
Só sei que, daqui desta praia onde me encontro, torço pelos voos dessas Gaivotas digo Poetas.
Parabens, poeta Zé. Parabens, poeta Anna.
Zé meu querido,
Um dos maiores presentes que me deste, a delicadeza de palavras, a maneira doce que me encanta...
A música, a imagem...LINDO!
Te agradeço de coração pelo homem que és e pelo belíssimo poeta de amor!
Beijãoo
Anna. 


http://www.youtube.com/watch?v=5Lac8ZVCCUY&feature=related 





Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.