**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Como eu já fiz tão pouco... (Dedico ao meu Mano MÁRIO BROIS)

Perante os meus olhos
vejo o que não quero ver,
uma Vida com muito por viver
parecendo que quase tudo
passou por mim, mas não!

Observo o que me rodeia
e vejo nos outros,
aquilo que não sei.

Páro, sereno a mente
ouço a voz do meu coração
dizendo para continuar
esse caminho
que parece não ter fim;
olho para trás
muitos anos vividos,
olho para a frente
e não sei quantos mais serão!

E nesta mistura
de ideias, pensamentos
e sentimentos
apenas sinto
como eu já fiz tão pouco...

José Manuel Brazão


Escrevi este poema recentemente e depois de ler dois capítulos da Vida Mário Brois acho que fiz muito pouco em relação a ele que desde muito novo passou momentos lindos de amor, mas sobretudo sentiu que a Vida não é tão fácil assim!
Sofreu, sorriu, lutou e eis ele aqui junto de nós como uma alma pura, serena e evoluída!
Relendo o meu poema decidi dedicá-lo ao Mano Mário, por um gesto de humildade da minha parte,  porque afinal pensei que já tinha feito muito na Vida e COMO EU JÁ FIZ TÃO POUCO!
Mário
Abração do ZÉ

- Manoel, Mano, poxa me fazer chorar em pleno horário de almoço, horário o qual aproveito para vir aqui, como não vim ontem, tô aqui com sede de poesias; mas, poxa o que dizer em vocábulos, uma atitude tão nobre de tua parte, estás sempre e sempre a falar tão bem de mim, bom!!!  mas, as lágrimas falam por nós dois, são lágrimas requintadas de apreço e emoção, lágrimas com temperatura diferente da normal, e isso é algo sem limitação, pelo ato, pela ação, pelo acontecimento: "A CAMINHADA É LONGA MAS, CHEGAREMOS LÁ"  chegaremos irmão com a consciência tranqüila de quem colaborou para a humanidade través de nossas poesias, nad mais representativo de que este aperto de mão postado, aí representa o selamento de nossa amizade.  Um abraço repleto de agradecimentos e apreço, mano, pela tua homenagem a mim, acredito que só a poesia irá retribuir-te.  Mário Bróis.

Mário aprendi com a Vida e logo desde casa dos meus Pais que existem sempre pessoas que serão  melhores e outras que viverão pior que nós! Eu penso em ambas as situações.
E no teu caso felizmente que és melhor que eu! Gosto de pensar positivo e distanciar-me do que seja negativo!
 Muito obrigado por existires!
 Abraço do ZÉ       
  


1 comentário:

  1. Lindíssima troca de reconhecimento do valor do nosso irmão!
    Isso é louvável!
    Parabéns!
    Abraços carinhosos aos irmãos aqui reencarnados e se amando como unos!
    Ivone

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.