**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Vou, vou por aí...




Vou,
vou por aí…
na busca do amor,
distante e próximo!

Por vezes
na minha mão,
noutras
voa sem norte,
na procura
do que desejo encontrar!

O amor
está sempre,
onde deve estar:
no coração de cada um…

José Manuel Brazão

1 comentário:

  1. Boa tarde querido amigo, lindo poema! O amor é um laço invisível, que está sempre em nossa memória... Laços eternos para aquele que amou.
    Beijos!

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.