**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

domingo, 10 de junho de 2012

Recordando a parceria Nanda Costa e José Manuel Brazão


Que vida...? ... e fez-se Luz!

Vida que vivi
e não desejava!

Uma vida
no tempo disfarçando,
como se tudo estivesse bem!

No silêncio
vivendo a verdade,
amarga,
muito amarga,
mas resignando
às desventuras,
pensando no sofrimento,
muito sofrimento,
de outros…

Cansado, penso que o caminho
se desviou de mim
e não tenho a quem perguntar:
para onde vou?

Sei
quantas pedras desviei,
sei
quantas lutas travei,
mas não sei,
porque o amor se esconde.

Tem vergonha de mim?

Penso que não!

Terei dado
a quem não merecia?

Talvez!
Mas não me arrependo,
porque o amor dá-se
e não se retira!

O amor reacendeu
no meu coração!

Apareceste como um Anjo
que procurava!
Fez-se Luz…
Minha Vida te sorri…

José Manuel Brazão


Tudo nasceu em 12 de Março de 2009 entre Vitoria (ES-Brasil) e Lisboa (Portugal)*

Com este poema conheci a minha mais antiga parceira na poesia de amor NANDA COSTA.

Um poema que marca no tempo duas Vidas para sempre!


Você é um amigo que quero que seja mais chegado que um irmão.
Um amigo mais que especial pra mim.
Nanda Costa


[....]

As palavras que escrevemos!


Quantas palavras foram ditas
Muitas frases de amor foram escritas
Inúmeros anseios em uma simples folha de papel
Belas palavras,que me levaram por muitas vezes a visitar o céu

Um poeta e uma poetiza
Deixando registrado no tempo,todo amor
Toda saudade,toda dor.

Poemas...
Poesias...
Pensamentos...
Sentimentos...

Lindas palavras...
Jogadas...

Atiradas ao vento....

Nanda Costa


[....]

Foram tantos

e tantos poemas,
poemas de amor
que te fiz!

Tu e eu
nascemos para a Poesia,
para encantar os outros,
alimentando as suas almas!

Quantas vezes
sofríamos nas nossas Vidas
e a inspiração,
superava tudo isso!

Os poemas que te fiz,
sentidos pela voz do coração,
derramaram amor,
muito amor,
que te comoveram
e davam forças
para sair de ti
Um outro poema,
suave,
expressivo,
emocionante,
iluminando
quem o lesse!

Dos poemas que te fiz,
ficam os sentimentos,
nas palavras
que o Poeta não renega
e guarda em seu coração!




Querida Nanda
Passados estes anos em que escrevemos estes poemas, hoje estou muito emocionado pelos momentos Poesia que publicámos e sabe-se lá quanta felicidade demos a leitores!
Beijão grandão




E com a formação da parceria fixa com a Nanda apareceram as Poetas Graciele Gessner, Luciana Silveira, Regina Ragazzi, Sandra Freitas, Sueli Rodrigues e Anna Carvalho que participou e por razões da sua vida pessoal retirou-se, mas devo-lhe aqui a minha gratidão! 



Comentário de visitante habitual que se apresenta sempre como anónimo, mas já conheço o seu estilo nas palavras e apesar de  tudo Nanda e eu ficamos muito sensibilizados com as suas palavras!
José Manuel Brazão

Lindas poesias! Muita emoção parabens poeta! Poeta das flores, das dores, poeta da alegia! poeta do sorriso! Sua poesia é magia! É canção! Sentida no coração! Parece até um jardim! Eu plantei rosas pra mim! Descobri na poesia! Que a alma do poeta! Reflete a mais linda abedoria!

1 comentário:

  1. Lindas poesias! Muita emoção parabens poeta! Poeta das flores, das dores, poeta da alegia! poeta do sorriso! Sua poesia é magia! É canção! Sentida no coração! Parece até um jardim! Eu plantei rosas pra mim! Descobri na poesia! Que a alma do poeta! Reflete a mais linda abedoria!

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.