**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Um amor sem limites

Quando o amor
se deixa dormir,
acordo-o!

Não posso viver
sem ele a funcionar!

Muitos esperam
a minha palavra,
o meu carinho
até
a minha tolerância!

A todos acudo.
Para uns
basta a minha presença,
o meu olá,
ou um até breve!
Para outros
um conselho,
uma prece,
uma esperança.

Para mim
fica o consolo
do bem procurar
e o mal evitar!

Para mim
fica o que basta,
não importa…

dou
o amor sem limites…

José Manuel Brazão

1 comentário:

  1. bom dia zè este poema Um amor sem limites eun amo e de+ bjsss

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.