**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Sou quem sou; um Poeta da Vida

Sou
o que a vida me permitiu,
sou
o que na vida me sorriu,
me entristeceu,
me enlutou…

Sou
um amigo da paz,
da tolerância
e do Amor…

Sou
um amigo fiel,
sempre  ao lado
dos fracos,
dos aflitos,
dos carentes.

Sou
um homem
que defende
a dignidade,
a honra
e a verdade!

Sou
o que outros pensarem,
mas,  sou quem sou!

[....]

Um homem
com erros humanos,
mas sincero, honesto,
incompreendido,
por ser o que é,
negando
a imagem cómoda,
a vida “fácil”,
sempre
na busca
de ser quem é,
na busca
do bem,
dos momentos certos,
dos momentos felizes,
se os teve!

Um poeta,
poeta da vida,
em dias
nem sempre bem vividos,
criando
textos de encanto,
de amor, reflexões,
lavando
o corpo e alma
dos que o lêem,
tendo como reacções,
o carinho, o conforto,
a amizade,
um bem haja,
e até o amor fraterno,
neste mundo da Poesia!

José Manuel Brazão

Mãos

1 comentário:

  1. Belo poema, até parece simples definir-se porém é complexo!

    Abraços e uma boa noite poeta...aguardo sua visita a meu blog de poemas :)

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.