**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

domingo, 18 de agosto de 2013

Vida sem compaixão

Sinto uma dor no meu peito
neste coração cansado,
que não suporta mais
a tua ausência
sem palavras de conforto,
com o necessário carinho
que espero de ti
neste caminho,
em que já me perco
e tu vês sem compaixão!



José Manuel Brazão

1 comentário:

  1. Um poema sentido. A saudade é mesmo assim, causa-nos dor...
    Um abraço

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.