**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Oi amor, que saudade!

É um amor sem limites,
sem hesitação,
bebendo as tuas palavras,
a tua dedicação,
o teu amor em silêncio,
por vezes escondido,
outras vezes assumido!

Ninguém roubará
este amor que corre,
que se alimenta em nós!

Oi amor, que saudade
e prisioneiros deste amor,
com futuro desejado!



José Manuel Brazão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.