**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

sábado, 12 de julho de 2014

O que eu tenho é teu!

Deste-me o que tinhas
de melhor em ti!
Paixão ardente
em noites de luar
pensando em mim
com esperança
de um viver sublime!

Tudo recebi
quase tudo perdi!
Pensei
nos erros cometidos
agora corrigidos,
com a chama
que não se apagou
e deste-me esse perdão!

Sinto o silêncio,
ouço as tuas lágrimas
lavando a alma
e recordares
que esse tempo vivido
em nós, foi belo,
muito belo
e não podemos negar
nem tão pouco esquecer!
Mas o que tinhas, era meu
e o que tenho, é teu,
sempre, mas sempre!

José Manuel Brazão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.