**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

domingo, 22 de junho de 2014

Sussurros de amor

Nosso amor viveu
do querer,  do desejar,
do sentir e do consumar
em prazer  infinito!

Nosso amor não foi sonhar,
apenas os olhos fechavam
e passavam por nós pensamentos
de vontade absoluta
em certas horas,
que sentíamos os corpos
suarem amor!

Tão dificil de esquecer
e temos a sensação,
que vamos repetir de novo,
não importando o quando,
mas com a certeza,
que será sempre mágico
como no primeiro encontro
e cada vez mais sublime
em cada acto de amor
e sussurrando entre nós,
que o distante se fará próximo,
sentindo o nosso respirar,
o cheiro dos corpos
em prazer sem fim!

José Manuel Brazão

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.