**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Por amor...

Por amor,
por tanto amor,
perco-me na Vida,
não sei quem sou,
não sei já
o que faço!

Por amor

dou-me todo:
sofro,
choro,
peço perdão,
Perdoo
e esqueço o mal!

Por amor

vivo e respiro
quem amo,
como nunca amei!

Destino?


Sim, destino intenso,

com pedras no caminho,
mas o amor
é assim:
não aparece
como um presente!

Conquista-se…!


José Manuel Brazão


Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigado pela sua visita. Deixe o seu comentário por favor.