**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Procuro ser feliz!

O amor,
sempre o amor!

Tenho vivido
com esta chama…

Não se apaga,
parece eterna,
como o Sol a brilhar!

Vivo
sempre com ele,
não vivo
se ele me fugir!

Mas não foge!
Procura-me.
Porquê?

Vou sempre ao seu encontro,
mas agora
ele não quer sair,
quer ficar sempre!

José Manuel Brazão

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Vale sempre a pena!


Quando minha vida, parecia outonal
com a queda das folhas da esperança ansiada,
num sono sem fim, de novo acordei
e apareceste de braços abertos
para estares comigo neste amor florido
de encanto, muito encanto
em que tu és a rosa das rosas!

E por acreditar, que não haverá mais
Outono triste, de folha caída,
vale sempre a pena acordar para a Vida
com a Mulher dos nossos sonhos!

José Manuel Brazão

sábado, 20 de junho de 2015

Vestes o silêncio e amas...

Nasceu este amor
como gratidão ao Sol!

Iluminou nossas almas
que andavam desavindas.

Cresceu este amor,
entre lágrimas e sorrisos.
Dei-me todo a esta paixão,
que não pára
neste palpitante coração!

Choras, porque o desejas,
mas …
Vestes o silêncio
e amas …

Guardas para ti
este amor,
esta loucura,
esta paixão...

... e a tua alma
está sempre em mim!

José Manuel Brazão

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Quando amanheceu dentro de ti...

Viste a minha imagem,
que te pareceu;
a luz da tua vida!

O teu Sol raiou
e saíste da noite
de solidão sem fim!

Dias
e mais dias viriam,
sem entenderes,
que eu não era o Sol,
a luz, a esperança,
mas um homem,
apenas um homem
nesta Vida,
que valorizou a Mulher
generosa
carente de compreensão,
harmonia e amor!

Tudo isso te dei
e foste a Mulher
que muito amei
para conquistares
a vida sonhada!

Tudo me deste
em gratidão,
paixão e amor,
numa entrega
dum completar o outro!
..................
..................

Passou tempo ...

... e hoje existe
o amanhecer de cada dia,
dentro de ti e de mim!

Seguiremos sempre juntos,
com uma amizade de coração,
mas com destinos diferentes,
sempre com fé e esperança
que dias melhores virão
e que nos reencontraremos
num amor para além da Vida!

José Manuel Brazão

sábado, 13 de junho de 2015

Santo António de Lisboa

És o padroeiro
da minha cidade
(Lisboa),
és meu Santo preferido
a quem tenho pedido
a força espiritual!

Nunca me deixaste
por atendido.
Sabes que peço
apenas o que mereço!
Tudo o resto
para dares aos outros!

Aprendi contigo
Que se te ajudasse
nas missões,
agradaria teu coração.

No resto do meu caminho,
de mim não esqueças
e eu continuarei
neste amor,
amor incondicional,
em que tu és Mestre
e eu discípulo!

José Manuel Brazão



quinta-feira, 11 de junho de 2015

Meu coração vagueia...

Bate
bate meu coração,
de tanto amor dar.

Vagueia
por aqui, por ali
deixando um pedacinho
a cada um, com carinho!

Vagueia
esperando um afecto,
uma palavra, um consolo!

Vagueio
na minha missão,
sem olhar a quem,
mas Alguém
está atento
e dá-me o pedacinho
que não guardei para mim…

José Manuel Brazão


http://www.youtube.com/watch?v=SudlS17RNLs&feature=related

terça-feira, 9 de junho de 2015

Hoje fez sorrir meu coração

Mulher de amor,
romântica,
eterna romântica!

Mulher charmosa,
generosa,
carinhosa comigo,
vê em mim
o poeta, o amigo,
que nunca abandona!

Ontem
quando me viu,
caiu-lhe uma lágrima
e de braços abertos,
disse bem alto:
“Meu carinho
e minha gratidão
hoje,
fez sorrir meu coração”

José Manuel Brazão



* Poema dedicado à minha Amiga a Poeta Ângela Lugo

domingo, 7 de junho de 2015

A quem um dia se teve amor...

Da janela da minha Vida
olho esse mar da ilusão,
de ondas e maresia de amor,
que me lembram
esses momentos de fervor
de amor intenso
ora sonhado
ora vivido
e agora sofrido,
deixando dor
a quem um dia
se teve amor...

... hoje olhamos
as nossas imagens,
sentimos o cheiro
desse amor
e da saudade por inteiro
em nossas almas!

José Manuel Brazão

sábado, 6 de junho de 2015

Deixa-te ficar mais um pouco...


Admiro a tua resignação
a tua tolerância diante da Vida,
com a esperança do momento,
do nosso momento,
do nosso encontro,
que será o ponto de partida,
para um novo ciclo de Vida
há tanto tempo almejado!

Confia no destino
até àquele abraço desejado,
mas deixa-te ficar!

José Manuel Brazão

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Beleza exterior

Beleza nas formas
de teu corpo,
mas falta o conteúdo,
esse interior...
 que se deseja na Vida
para o entendimento
e o sentimento forte
do amor com o amor!

E se nessa beleza
não houver riqueza interior,
então a outra beleza
apenas serve a imaginação
e a inspiração do Poeta!

José Manuel Brazão

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Deixo a vida me levar...

Deixo o tempo
esquecer as mágoas que vivi,
os desenlaces que superei,
as lutas que travei.

Deixo o tempo
lembrar as alegrias que vivi,
as tristezas que superei
e este amor que sempre viverei!

Deixo o tempo
fazer-me acreditar
em tudo o que não vejo,
mas sinto...

José Manuel Brazão



segunda-feira, 1 de junho de 2015

Sinto na alma a ânsia de navegar...

Olho este mar imenso
e sinto na alma
a ânsia de navegar
nas águas profundas do teu ser!

Antes fui porto de abrigo
do nosso amor,
hoje és tu o porto seguro
que acolhes meu corpo
e não hesito em navegar,
quando a saudade vem visitar
e ainda não conseguiu apagar
a tua imagem e o teu olhar!



José Manuel Brazão