**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Vida e Poesia

Quando te leio,
tuas palavras
escorrem doçura!

Mulher bela
de sorriso natural,
ternura,
dás à tua beleza
o que vai na tua alma!

Olhas-me e serenas
apenas com o meu olhar!

É apenas o olhar,
porque meu coração
é um coração sofrido!

Aguenta
com as tuas doces palavras
e a ti me entrego...

José Manuel Brazão

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Tu és a raiz do meu amor...



Uma vida que amanhece
com o Sol 
trazendo a esperança!

Ele está presente
Mesmo encoberto por nuvens
com imagens de coração,
de amor que não vai…

Um Sol que ofuscou a Lua
para deixar em mim
este amor que não vai
enquanto a paixão viver dentro dele!

Vieste tu, Mulher amada
e o Sol, a Lua e a esperança
brilharão para mim!

Raízes profundas desse amor
enroladas no meu corpo,
que me prendem à Vida
e a este meu Destino,
meu poema… do amor!



José Manuel Brazão

domingo, 26 de abril de 2015

Um beijo de quero mais...


Todos os dias
penso em ti,
como se estivesses aqui!

Anseio
por este amor
um amor em palavras,
como se fossem
cartas de amor!
Um dia
neste convívio lindo,
beijámo-nos,
muito…
…sentimos prazer,
olhámos fixamente
e sem palavras
mas com um olhar
de mil palavras!

Aquele beijo
será sempre
aquele beijo…

José Manuel Brazão


sábado, 25 de abril de 2015

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Façamos amor de pele...


Nosso pensamento
vive em constante
saudade
sem explicação
para uma ansiedade
 no coração pulsante
sentindo o cheiro dos corpos,
faltando o toque
desse amor de pele
em corpos deslizantes!

José Manuel Brazão

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Um Poeta da Vida

Um homem
com erros humanos,
mas sincero, honesto,
incompreendido,
por ser o que é,
negando
a imagem cómoda,
a vida “fácil”,
sempre
na busca
de ser quem é,
na busca
do bem,
dos momentos certos,
dos momentos felizes,
se os teve!

Um poeta,
poeta da vida,
em dias
nem sempre bem vividos,
criando
textos de encanto,
de amor, reflexões,
lavando
o corpo e alma
dos que o lêem,
tendo como reacções,
o carinho, o conforto,
a amizade,
um bem haja,
e até o amor fraterno,
neste mundo da Poesia!

José Manuel Brazão

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Só quero você meu amor!

Desejei ter na Vida
aquilo que me fizesse feliz,
para dizer, que vale sempre a pena,
ter um amor assim,
de entrega com muita convicção,
nos dias por mim vividos
e que jamais esquecerei
deste amor que é a Vida!

José Manuel Brazão

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Num só corpo uma só vida...

Nossas almas clamam
e os corpos se libertam
para um amor sem recuo
que sentimos, desejamos
e realizamos!

Neste amor sem fim
com horizonte
que só nós vislumbramos,
temos o Sol a raiar
e nas costas da Lua
abraçaremos este amor
num só corpo uma só vida!



José Manuel Brazão

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Poeta minha Poeta

Tua poesia é um jardim
que me encanta e invade minha alma
e de teu coração saltam palavras
de tua alma vêm flores
com um aroma especial
de grande carinho e amor,
que eu abraço
e meu coração pulsa
como coração poeta
provocando em mim
poemas e mais poemas,
para a Poeta e a Mulher,
que já vivem em meu corpo e alma
e serão momentos de intenso amor
por ti querido, sentido
e por mim desejado
num tempo que é o nosso “mundo”
sonhado, prometido
e agora concretizado!

José Manuel Brazão

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Vejo a luz do Sol



O que era uma tormenta,
passou a serenidade.
Precisei de tempestade,
para ver a luz do Sol,
como há muito não via!

Só os desencontros
nos levam aos encontros:
connosco!

Quero a essência do amor,
para os que me amam,
os que se aproximem,
de mim...

Não quero confusões,
apenas Amor
e tudo, mas tudo,
que me faça viver,
com alegria a vida,
vendo a luz do Sol,
com Verdade...
até morrer!
José Manuel Brazão

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Pensando em ti!

Em cada momento
o meu pensamento
está em ti!

Pensando,
pensando em ti,
vejo o céu azul,
sorrindo para mim!

Pensando,
pensando em ti,
vejo o sol radiante,
com muita Luz
que me cega de amor!

Pensando,
pensando em ti,
vejo a vida
com alegria,
com outro sabor!
Doce,
simplesmente doce!

Pensando,
pensando em ti,
sinto
na minha Alma,
amor e mais amor,
sinto
no meu corpo
desejo e prazer,
pensando em ti,
somente em ti!

José Manuel Brazão

Sinto saudades do futuro!

Saudades
palavra tão intensa,
que viveu sempre comigo,
quer por um amigo,
quer pela família imensa.
Saudades
da vida que escolhi
e nem sempre vivi ...

Saudades
da vida com alegria
que vivia.
Saudades
do amor ao próximo,
da tolerância,
da humildade,
do perdão.

Batendo o meu coração,
como um homem de Fé,
sinto saudades da Esperança,
sinto saudades do Futuro ...

José Manuel Brazão

sexta-feira, 3 de abril de 2015

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Olhamos o céu

Olhamos o Céu
e agradecemos a Luz
que te trouxe até mim!

Chegaste,
sorriste,
estendi a mão,
o amor na minha mão
e disseste:
encontrei
a minha Paz,
a minha vida,
sou feliz!

Também sorri,
de novo olhei o Céu
e agradeci este amor,
que nasceu,
floresceu
e dará pétalas de amor!

Olhamos o Céu
que nos envia
muitas pétalas,
pétalas de amor!

José Manuel Brazão