Outros Blogs do meu grupo:

*

*

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Sedentos



Dai-me de beber,
Tenho sede de ti...
Meu corpo queima,
minha boca te chama
vem, derrama!

Tens-me de joelhos
rendida, humilhada,
Tua, nua, sequiosa...
mata-me a sede,
bebo de ti, só de ti!

Flui em meu corpo
lava-me o rosto,
sedenta por tuas águas...
vem, desagua com calma,
sacia-me a boca e a alma!

Anna Carvalho


[....]

Não me deixas ficar mais assim...
Ansioso como estou
por te ter,
com o teu coração
explodindo desejo,
pelos meus versos
escorrendo amor
que percorrem
todos os pedaços
do teu corpo
da tua alma,
enfim …
com a tua vontade
de me querer agora,
Dou-te tudo …
o amor …
este amor louco,
que me provocas
com a tua sede de me beber!
Dou-te tudo …
o que me pedires,
até me sentir dentro de ti!

José Manuel Brazão

terça-feira, 30 de julho de 2013

Sonho de amor

Sonhas
com o amor ideal
e paixões vagueantes,
palavras sedutoras
em noites delirantes
de prazer sem fim.

Sonhas por mim,
com o mistério
de ser quem sou
e de não me teres.

Sonhas em cada noite
o amor que desejas,
o amor que esperas,
com o teu coração,
suspirando entrega.

Sonhas
delirando amor,
muito amor!

José Manuel Brazão

Nunca te sentirás só!


A vida é bela,
mas nem sempre
é fácil o caminho a trilhar!

Já percorri muito
do meu caminho
com muitas curvas
e contra-curvas.

Tomei cautelas,
mas mesmo assim
elas nos enfrentam
e nem avisam!

Na tua insegurança vivida
pensa n’Ele.
eu estarei contigo
e nunca te sentirás só!

Jose Manuel Brazão

Sonhei com este momento

Há tanto tempo, 
que sonho com este momento!

Conhecemo-nos tão bem,
como se vivêssemos juntos
cada instante da vida!

Distante
vivo as tuas amarguras,
os teus dilemas,
o querer e não poder,
que por vezes penso :
estamos tão próximos!

O meu coração
embriaga-se de paixão,
de amor;
visto-te rosas vermelhas.
Olho o teu corpo,
fascino-me
com esse jardim,
delicio-me
com as pétalas de amor,
cheiro
o aroma que vem do teu corpo!

São os meus pensamentos,
distante de ti!
Estou cansado de sonhar,
mas vivo para te amar!

Há tanto tempo,
que sonho com este momento!

José Manuel Brazão



http://www.youtube.com/watch?v=ycmbJiOZb2U&feature=related

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Olhares


Parecia um sonho,
Instantes de paralização.
Os seus olhos me devoraram
Meu corpo teve a sua investigação.


O brilho em seu olhar
Manifestou o seu encantamento.
Seus olhos azuis me deslumbraram,
Simples magia do nosso momento.


Revelou-se... Apaixonou-se!
Não era necessário explicação,
Tudo está visível ao coração...

Graciele Gessner


....

Admiro o teu olhar.
fixo os meus olhos
nos teus…
pensas na vida.
nos sonhos que te invadem,
nas ilusões que tiveste,
nos dramas que esqueceste.

Os teus olhos
procuram os meus gestos,
a minha alegria de viver,
os meus mimos …

Sorris
e os lábios mexem,
com palavras de encanto,
tornando-os sensuais,
desejados
por um amor como o meu!

José Manuel Brazão

domingo, 28 de julho de 2013

Pela noite um novo amanhecer!

Pela noite vem a magia,
o silêncio, a reflexão!

Vem a a Lua,
com a paixão
e o amor!

Vem a nostalgia,
com a tristeza
e o choro!

Vem o sonho
de ideais, ambições,
lutas:
conquista ou derrota,
mas com a esperança
que o amanhecer
traga a alegria
de um novo dia,
que faça esquecer,
aquele choro…!

José Manuel Brazão

Se eu tivesse asas!

Ah! Se eu tivesse asas...
Como águia voaria,
Ate procurar entre as vagas,
no horizonte além do mar...
Nos outeiros, nas colinas.
No raiar de um novo dia,
No crepúsculo vermelho
Pela noite entraria...
Buscando no céu uma estrela,
Para poder te entregar.
Ah! Se tivesse asas...
Como um beija-flor dançaria,
Pra poder te impressionar...
Com meu delicado bico,
Eu iria a sua boca beijar .
Eu gostaria de ser,
A mais bela borboleta ...
Com lindas asas azuis,
Para seu rosto roçar
Que pena não tenho asas,
Minha vida é sonhar...
Você vive nos meus sonhos,
Por isso não quero acordar.

Sissa
em participação especial


[....]

Voamos
por esses céus sem fim,
passeando o nosso amor
sem destino...

Voamos
com a alegria que vivemos
por tu seres minha
e eu ser teu!

Voamos
com estas asas
feitas de amor,
que exalarão
o que vai em nosso coração!

Tu sorris
a felicidade conquistada
e eu
guardo em mim
mais um anjo do amor!

José Manuel Brazão





sábado, 27 de julho de 2013

O meu roseiral

És a minha flor,
uma rosa amarela!

Olho o meu roseiral,
e tu és especial.
Trato as rosas,
paro ao pé de ti,
contemplo-te,
mimo-te
e protejo-te!

És a minha flor,
uma rosa amarela,
com pétalas de amor!

José Manuel Brazão

Nas mãos do Poeta

Nas mãos  do poeta
existe a voz do coração.
Mãos com vida,
que choram, riem,
levam amor
ao coração da Mulher,
com versos floridos
de rosas
amarelas, vermelhas,
são rosas
do jardim do encanto,
junto do lago da paixão!

E nesta missão
sua alma se eleva,
outras acalma
por ser mensageiro
de amor nos versos
do seu coração poeta!



José Manuel Brazão

Poeta divina


Teu coração pulsa
como coração poeta
com sangue que corre
por tuas veias
e nas tuas mãos
provoca
sensibilidade apurada
e inspiração divina!

Tua poesia
de palavras puras
 de sol sorridente
e de lua no seu esplendor
exalando amor
que a todos encanta
e em mim repousa,
que te amo!



José Manuel Brazão

Amor sem fim


Longe de ti não quero ficar
longe do teu amor não sei viver
A distancia de nossos olhos
É mar a nos separar

Nas palavras com tantas saudades
em beijos imaginários
e abraços sem fim

Longe de ti hoje não mais
Esse amor sem fim, sem barreiras
sem limites, sem fronteiras...
Somos as letras e elas nos são!

Anna Carvalho


[....]

Sinto tristeza
e amargura
nas tuas palavras
vividas e escritas!

Procuro o teu alívio
com o carinho
e a ternura das minhas,
que são sentidas também
por alguém
que viveu amargos de boca,
desilusões,
desenganos,
que sonhou uma vida
e quando despertou,
conheceu a palavra
destino!

Até então
caminhava
por caminhar,
mas sem saber
que era o seu destino!

Hoje
mais seguro de si,
não pode apagar
o passado vivido
e começará um novo fim
com tudo o que foi
lição de vida!

E agora
perante ti
estas são
as palavras que te deixo!

José Manuel Brazão

sexta-feira, 26 de julho de 2013

O teu sorriso é meu!



Sorrio
para o teu sorriso!

Encantas-me
quando apareces
e sem uma palavra,
entendo-te
pelo teu sorriso!

Sorrir
é saudável,
é carinho, afecto,
amor …

Teu sorriso é meu!

José Manuel Brazão

EU SOU AVÔ


DIA MUNDIAL DOS AVÓS


Vestes o silêncio e amas!

Nasceu este amor
como gratidão ao Sol!

Iluminou nossas almas
que andavam desavindas.

Cresceu este amor,
entre lágrimas e sorrisos.
Dei-me todo a esta paixão,
que não pára
neste palpitante coração!

Choras, porque o desejas,
mas …
Vestes o silêncio
e amas …

Guardas para ti
este amor,
esta loucura,
esta paixão...

... e a tua alma
está sempre em mim!

José Manuel Brazão


Ama-me quando eu menos merecer, pois será quando eu mais preciso.
Bjos ISA

Recordo o dia

Recordo o dia
que nos conhecemos,
como se fosse o presente!

Amanheceu em nós
um Sol
que nos iluminou
e virou
um grande amor!

Vivido
com sonhos,
realidades
que marcam
as nossas Vidas!

Um mar imenso
entre nós,
mas sentimos
a chama,
o encanto
desse amor!

E o futuro
virá até nós
para vivermos
esta Amizade,
muito nossa,
que durará
enquanto o tempo
for tempo!

José Manuel Brazão



"Cada um que passa na nossa vida, 
Passa sozinho...
Porque cada pessoa é única para nós,
E nenhuma substitui a outra...

Cada um que passa n...a nossa vida,
Passa sozinho,
Mas não vai só...
Cada um que passa na nossa vida,
Leva um pouco de nós mesmo,
E deixa-nos um pouco de si mesmo...

Há os que levam muito,
Mas há os que não levam nada...
Há os que deixam muito,
Mas há os que não deixam nada...

Esta é a mais bela realidade da vida.

A prova tremenda
da importância de cada um,
É que ninguém se aproxima
do outro por acaso..."

(de, Antoine de Saint Exupéry)

_

Por trás da porta do amor

Na minha Vida
tudo te dei,
pensando
que te sentisses feliz
ou com momentos felizes!
Senti no silêncio das palavras,
que a chama viva do Amor
se apagava lentamente
com a agonia do tempo!

Com palavras
rompidas no silêncio
dizias que morava em teu coração!

Bati à porta dele
E ninguém respondeu:
ontem, hoje
e amanhã veremos!

José Manuel Brazão



quinta-feira, 25 de julho de 2013

Sou o teu amanhecer

Acordas
e o Sol entra,
poisa no teu corpo,
e sentes
teu coração quente,
num amor ardente,
como sonharas
e Ele te trouxe!

Viste em mim,
que sou o teu amanhecer,
e tu e eu renasceremos
para a Vida,
rumando ao futuro,
esquecendo o passado,
vivendo o presente
e ansiando pelo futuro!

Sou o teu amanhecer
e viveremos
novas primaveras
de harmonia, paz
e amor iluminados!

José Manuel Brazão

Ausência


Nesta tarde gélida,
sinto a tua ausência!


Sento-me
junto à lareira,
recordo o passado,
com fotos.
Cada uma tem
significado,
momento,
ou evento!


Por mais voltas
que dê ao passado,
não devo continuar;
sentindo a tua ausência!


Cresce a saudade
e a minha vida anoitece!


José Manuel Brazão

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Quando tudo realmente existe

Quando o saber se torna algo palpável,
ele se transforma em algo próximo do sentir.

Quando a confiança é por vezes colocada em dúvida,
tudo que gira em volta vira pó.

Quando tudo realmente existe
é quando o amor, o respeito, a humildade e a gratidão
andam de mãos dadas pelas estradas da vida.

Graciele Gessner



[....]

Quando tudo realmente existe,
parecemos sonhar,
mas existem
esses momentos felizes,
indescritíveis para nós,
mas apenas nossos olhos alcançam
e jamais esqueceremos,
que sentimentos tão nobres,
como o amor, o respeito,
a humildade e a gratidão
se afastem de nós
e assim continuaremos
com convicção
a estrada da vida
-essa realmente existe-
da nossa vida!

José Manuel Brazão

Oi amor, que saudade!

É um amor sem limites,
sem hesitação,
bebendo as tuas palavras,
a tua dedicação,
o teu amor em silêncio,
por vezes escondido,
outras vezes assumido!

Ninguém roubará
este amor que corre,
que se alimenta em nós!

Oi amor, que saudade
e prisioneiros deste amor,
com futuro desejado!



José Manuel Brazão

terça-feira, 23 de julho de 2013

Quem ama sente saudades!

Sempre com saudade,
muita saudade,
porque amo sem limites,
mesmo quem me ame em silêncio,
ou quem me manifeste
com um simples carinho,
com um sorriso
ou uma mão estendida!
Eu espero...

José Manuel Brazão

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Espero...

Espero
que este amor verdadeiro
viva além da Vida
e além do amor!

O nosso vento amigo
leva as minhas saudades
e traz-me de ti
essas lágrimas  de nostalgia!

Só espero
o tempo seja tempo
de avivar
os nossos momentos lindos
guardados em nossos peitos,
nunca esquecidos
e sempre lembrados!

A vida inteira será pouco tempo,
mas ainda espero!



José Manuel Brazão

Flor do nosso jardim

Como  é bela a Vida,
que nos permite viver,
sentir e amar
essa flor que cresce entre nós
cada vez mais viçosa,
graciosa,
recebendo esse Sol
e doando a Luz,
que nos aquece o coração
e ilumina o nosso amor!

Flor do nosso jardim,
jardim do nosso encanto,
banhado pelo lago da paixão!

José Manuel Brazão

Aguardo o teu sorriso!

Há tanto tempo,
que sonho
com este momento!

Conhecemo-nos
tão bem,
como se vivêssemos,
juntos
cada instante da vida!

Distante
vivo as tuas amarguras,
os teus dilemas,
o querer e não poder,
que por vezes
penso :
estamos tão  próximos!

O meu coração
embriaga-se de paixão,
de amor;
visto-te rosas vermelhas.
Olho o teu corpo,
fascino-me
com  esse jardim,
delicio-me
 com as pétalas de amor,
cheiro
o aroma que vem do teu corpo!

São os meus pensamentos,
distante de ti!
Estou cansado de sonhar,
mas vivo para te amar!

Há tanto tempo,
que sonho
com este momento!

Aguardo o teu sorriso!

José Manuel Brazão



Não queres...

Não queres…
e a esperança
ficou ferida,
a mente abalada!

Meu coração
estremeceu,
fez-se escuridão
em mim!

Tanto amor,
que dei,
dou e darei
por ti
que não queres…

Um pouco da Vida
Estilhaçou,
mas apanharei
esses bocados
para misturar
as momentos bons
 que a vida nos deu!

Não queres…
eu continuo a querer
e a amar-te!


José Manuel Brazão

Um completa o outro


Amo-a
desde o primeiro momento,
que a vi
lhe sorri
e a senti
palpitando meu coração!

Ela
sentiu paixão,
pensou sonhar,
mas acordou
para um grande amor!

Momentos felizes
nos esperam,
o Sol e a Lua
nos sorriem
e contemplam!

Vivemos
como almas unidas;
nosso amor
e nossa vida
tem um destino:
um completa o outro!

Assim é
e será este amor!


José Manuel Brazão

domingo, 21 de julho de 2013

Um caminho que estreita...

Um caminho, o meu caminho,
onde paro, olhando para trás,
tentando recordar esta caminhada!

No princípio um caminho cheio de Sol,
dava-me forças para tudo superar;
caía e levantava!

Continuava sempre com esperança,
encontrava mais pedras
e contornava,
caminhando, caminhando!

Começei com dificuldades
em curvas imprevistas,
perdi um pouco a confiança,
mas não perdi a Fé!

Avistei o caminho a ficar “estreito”,
mas sempre com ajuda de outros
- amor incondicional –
tento, vou buscar forças
até alcançar o final do caminho,
ponto de encontro dos meus desejos!

José Manuel Brazão