**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Meu nome é Mulher

Amanheço riacho manso
Águas límpidas descendo a serra
Tão logo curvo o monte
me torno em turbilhão.
Assolo, removo a terra,
desço lambendo a plantação,
borbulho sentimentos,
emoções cativas,
esfrio, aqueço,
chovo lava de vulcão.
Não caibo em mãos,
nem olhares
grito brisa,
cochicho trovão.
Sou fúria em versos
que escorrem
das águas do meu coração.

Sandra Freitas

[....]

Vida
muita vida,
no teu corpo e alma!

Acordas
tanto para viver
alegrias
como tristezas!

O dia passa…
a tristeza da manhã,
foi-se…
a noite é de alegria!

És mesmo um vulcão!

José Manuel Brazão

És tu e só tu, minha querida Amiga!
Como é bom ter pessoas assim na nossa Vida!
Beijo carinhoso do 

Querido amigo Zé, embora as vezes pareço distante, saibas que guardo-te sempre em meu coração e agora em minhas orações. Que Deus nos conceda a graça de caminharmos juntos por longos anos.
E se por acaso nossas vidas seguirem outros rumos, guardarei sempre com carinho a doçura no nosso encontro na vida.
Sandra






Deixo a vida me levar

Deixo o tempo
esquecer as mágoas que vivi,
os desenlaces que superei,
as lutas que travei.

Deixo o tempo
lembrar as alegrias que vivi,
as tristezas que superei
e este amor que sempre viverei!

Deixo o tempo
fazer-me acreditar
em tudo o que não vejo,
mas sinto...

José Manuel Brazão

Querido amigo, Zé.
Significante demais teu texto.
Senti como se fora meu...
Tbm estou acreditando no tempo, querido,
que é benção de Deus, porque
segue curando feridas, aliviando dores.
Sinto-me fragilizada com tantas perdas,
porém não me perdi de mim.
Volto devagar, mas sempre...
 Noite de paz, anjo amigo.
Beijinho
Glórinha
Gloria Salles

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Poesia e Luz

Quando de repente exausta
Resolvo tudo abandonar
Eis que surge um luz opaca
Absorvo-a em meu ser
E pela alquimia do amor a transformo
Lápis e papel à mão
Brilho forte, de luz radiante
Metamorfose de sensações
Irradiante brilho a rondar-me
Transparência de sentimentos
Enfim, abrando meus tormentos
E a poesia se faz singela
Abrindo portas trancadas
Percorrendo longas estradas
A poesia é luz.

Luciana Silveira 

[...]

 Ninguém tem força
para combater
o nosso amor,
mais vivo,
puro e sólido!

Ninguém tem força
para me boicotar,
para destruir
a minha imagem,
que vai para além
de vontades,
convulsões
ou perturbações!

Ninguém tem força
para mudar
a minha forma de viver;
límpida
e bem espelhada
na água da Vida!

Ninguém tem força
para me afastar
do meu caminho:
eu o decidi
e eu o farei!

Ninguém tem força
para de amor falar,
sem o praticar!

Eu
com serenidade,
confio
que o amor vencerá
com a Luz
nas minhas palavras!

José Manuel Brazão


Nem imaginas o quão agradável e gratificante vir até aqui e saborear estes duetos, cheios de emoções e vida plena.
parabéns aos dois.
Eduarda

SolBarreto disse...
Outra linda parceria!
Me encantou os versos de luta, de garra, de coragem e acima de tudo de esperança!

Um anjo tão perto de nós! (NINA)

Olhamos a Vida
e vemos carência de amor,
carinho e afecto,
tolerância e compaixão,
mas um dia o Sol
nasceu deslumbrante
e tu apareceste
diante de nossos olhos
escrevendo o amor
que existe em teu coração,
partilhando com os outros
sem nada pedir,
apenas sorrindo
e agradecendo a Deus
a sua protecção divina
e orando por nós!

Assim te vejo
de mãos iluminadas
escrevendo o Amor
com palavras como só tu sentes
através da voz do teu coração
da tua Alma emanadas
como um anjo tão perto de nós!

José Manuel Brazão


amigo Zé estou aqui sem acção rs
pensa numa emoção imensa que meu coração quase que da uma ataque...rs
meu Deus que amigos mais amáveis o Senhor concedeu-me...amémmm
grata querido amigo a todos os poetas que aqui comentaram
beijos do tamanho do céu
Nina

Nina
Como dizia Vinicius: Amigos escolhemos!
E eu digo que qualquer pessoa contigo não terá hesitação em dizer: a minha Amiga Nina!
Tive muito gosto em escrever esta manhã este poema que enriquecerá como dedicada o meu património poético!
Beijo do ZÉ


Ouço chuva, limpo lágrimas!

No silêncio da noite,
ouço chuva,
sinto-me triste,
e pelo meu corpo
correm saudades
de tudo
e de todos…

Neste silêncio
nascem coisas belas,
como se me asfixiam as ideias,
que me contrasta
com o que sou,
ficando perdido,
sem saber para onde vou…

Luto com este silêncio,
ouvindo a chuva!
Misturo-me com ela,
para que lave meu corpo,
me purifique!

Vou andando,
aceito a chuva,
como uma bênção,
pelo amor
que tenho dentro mim,
que não se cansou,
de amar tanto;

Meu pobre coração,
que tanto aguenta
de resignação,
pelos esquecidos
e pelos não queridos.

Pela minha face
escorre chuva e lágrimas.

Continuo a ouvir
e a sentir a chuva
e limpo as lágrimas…

José Manuel Brazão
- Grande Manuel, estimado poeta, um poema que deixa-nos feliz e instigado, porque o belo reina nos teus vocábulos constitutivo deste poema que ao meu ver, deveras deve andar junto com nossos documentos, assim sendo todas vez que precisarmos remover o documento; a poesia estaŕa presente, versos de encantar corações desprovidos e aos ṕrovidos também, versos de súbita penetração de nossos egos: "Meu pobre coração/de resignação/Pela minha face/escorre chuva e lágrimas" versos prá lá de imortal, onde o poeta se vislumbra de inspiração. Mário Bróis.
Mário temos sempre os nossos poemas favoritos como autores e nossos próprios leitores do futuro. Quando releio este poema algumas vezes na emoção rolam lágrimas novamente.
 Abraço do ZÉ




Tentando a minha evolução como Alma!

Neste caminho já longo vou aprendendo e com gestos humildes entrego-me de alma e coração ao bem comum. Assim sorrio para a Vida e conforto-me pensando no Amanhã!

Deixa eu
Deixa
na Vida
eu ser assim
quem sou!

Deixa
ser generoso
onde há egoísmo,

Deixa
ser tolerante
onde não há perdão!

Deixa
semear amor
onde ele não existe!

José Manuel Brazão

Sem ti...

A minha vida
sem ti
não faz sentido!

Amo-te
como nunca amei,
está em mim
como parte da minha vida!

Amas
e vives esta paixão
sofrendo,
cada hora, cada dia,
como se houvesse
apenas presente!

Nosso amor
é uma rosa viçosa,
Cuidada em cada dia,
e só morrerá,
quando nós também!

José Manuel Brazão

Uma reflexão e um poema

Sei muito bem pela Vida que já vivi  como são as hesitações, as indecisões, o medo de avançar e quando isso acontece não é o momento certo!
Convivo com a serenidade possível, teflicto bastante e agarro-me à Fé e Esperança deixando-me levar pelo tempo até aparecer esse momento certo.

Deixa que o tempo seja Tempo
Deixa sim
que o tempo seja tempo
de nos encontrarmos
pelas hesitações,
e indecisões!

Deixa sim
que o tempo seja tempo
para entendermos
os nossos sonhos
o nosso alvorecer,
os mistérios da Vida!

José Manuel Brazão

domingo, 27 de novembro de 2011

Um sonho: chão brasileiro!

* Um presente da minha Amiga e Poeta Brasileira NINA *


Sonhei atravessar
este mar imenso
que me separa e me une
a chão brasileiro!

Durante essa viagem
muitas imagens reais
com outras mentais
vividas intensamente
e escritas no meu livro da Vida!

Um dia... irei...
e quando pisar
o chão brasileiro,
ajoelharei
e beijarei esse solo
simbolizado
em todas as amigas e amigos,
o carinho e o amor
que existe em nós!

José Manuel Brazão


Luiz Mário da Costa - Um poema para se guardar em noso coração, um poema feito um gesto de irmandade, de solidariedade.  Um poema feito um grande gesto humano, onde 0 humano feito chama de patriotismo bilateral, nos sauda, nos congratula, talvez até mais polido que as embraixadores em seus inópitos consulados.  Um poema feito um embaixador, a unir pátrias.  Mário Bróis

Mário  Há muito tempo que tenho muita gratidão por vocês!
Já nem sei se sou Luso ou Luso-Brasileiro! rrss
Uma Colega disse em público para quem quis ler: O Zé tem meia alma de brasileiro; ele nunca desiste... rrss
 É verdade! Se alguma vez virem eu desistir seja do que fôr é que porque o meu caminho está chegando ao fim!
 E aqui e agora te saúdo e agradeço por Deus nos pôr diante um do outro nesta Vida!
Abração do 


meu Deus que lindooooooooooo...eu tb espero por esse momento de ir na minha amada Pátria...
amigo saudade demais dessa terra
abraço bem brasileiro amigo Zé rs
Nina
Nina eu nem sei explicar isto! Todos os dias desde que acordo o meu pensamento está com o Brasil. Quem conviveu mais intimamente comigo sabe disso!
 A minha influencia é já tão forte que até nos meus poemas já uso expressões vossas... rrss
 Beijo do ZÉ



Amor, volta e ensina a te esquecer...

Preciso  esquecer
este amor a arder
no meu coração em chama.

Vivo cada hora do meu dia
a te querer!

Já não sei enfrentar a nostalgia,
que trepou em mim
como uma hera.

Amor, volta e ensina a te esquecer...
embora eu não exista sem ti!

José Manuel Brazão


"Lembrar é fácil para quem tem memória... esquecer é difícil para quem tem coração."
 William Shakespeare

lindo e lindo zé , profundo como todos os seus  poemas........ é amigo, como esquecer de alguém que já existe dentro de nós..... um domingo iluminado a ti, bjus

UNESCO - FADO: Património imaterial da Humanidade


O fado é Património Imaterial da Humanidade segundo decisão hoje tomada durante o VI Comité Intergovernamental da Organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).
António Costa, presidente da Câmara de Lisboa, que se deslocou a Bali, na Indonésia, como elemento da comitiva portuguesa, colocou o telemóvel, onde tinha gravado "Estranha Forma de Vida", de Amália Rodrigues, perto do microfone e fez-se silêncio na sala.
"Acho que foi a melhor forma de homenagear aqueles que têm de ser hoje homenageados. São aqueles que têm feito o fado e que são os fadistas e aquela "Estranha Forma de Vida" é uma homenagem a todos", justificou António Costa.
"Muita gente achava que o fado era triste. O fado é alegria", afirmou o autarca, logo depois, acrescentando que o reconhecimento do fado como património Imaterial da Humanidade é um reconhecimento para cantores, poetas, músicos, compositores.
"E ouviu-se o fado. Muito bom e muito bem. Estamos muito felizes e com imensa vontade de partilhar essa alegria com todos os que trabalharam nesta candidatura, com todos os que constroem o fado, com todos os nossos artistas, todos os nossos parceiros, as instituições envolvidas, os investigadores, a equipa do Museu do Fado. É uma alegria muito grande", afirmou a directora do Museu do Fado.
Sara Pereira disse também que a inscrição é uma "responsabilidade acrescida" no cumprimento do plano de salvaguarda que foi apresentado à UNESCO e que tem cinco eixos estratégicos: a rede de arquivos, o arquivo digital sonoro, o programa editorial, a implementação de roteiros temáticos de fado e o programa educativo.
O fadista Camané considerou que "a principal consequência será a maior divulgação que o Fado terá", uma questão que "já é visível desde que toda a campanha de promoção [da candidatura] arrancou". "Assim, mais pessoas ficarão a conhecer o que é o Fado e a sua riqueza", disse Camané.
A fadista Maria da Fé considerou a distinção "uma coisa maravilhosa para o Fado e para o nosso país". "Daqui para a frente é uma incógnita", afirmou à Lusa a criadora de "Cantarei até que a voz me doa", referindo que "o fado já está, felizmente, com muita força e muito divulgado, mas nunca é demais e é muito positivo esta distinção".
Para a fadista, proprietária do restaurante típico Senhor Vinho, na Lapa, em Lisboa, "há esperança que [esta distinção] traga mais clientes, não só turistas como, muito especialmente, portugueses".
O VI Comité Inter-Governamental da UNESCO aprovou hoje em Nusa Dua, na Indonésia, a integração do Fado na Lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade.
Cerca de uma hora antes do reconhecimento, o presidente da Comissão Científica da candidatura do Fado a Património Imaterial da Humanidade, Rui Vieira Nery, queixara-se que o processo de inscrição das candidaturas estava a ser longo por incompetência da presidência da reunião na condução dos trabalhos.
Com oito horas de diferença entra Bali e Portugal, temia-se que a discussão da candidatura do fado fosse adiada para amanhã, segunda-feira.
Diário Digital com Lusa 

LUZ disse...
Boa noite Zé,
Somos Portugueses e estamos de parabéns.
Fiquei felicíssima, com esta merecida decisão.
o FADO é vida, é destino, é amor.
SABIA, QUE NÃO DEIXARIA PASSAR ESTE FACTO, EM BRANCO.
PARABÈNS À CANÇÃO NACIONAL E AOS SEUS INTERPRETES.
AMÁLIA, SEMPRE AMÁLIA.
VIVA PORTUGAL!

Beijos lusitaníssimos

O espelho que não mente!

Olho-me em ti
como meu companheiro
de todas as horas
vivendo as minhas angústias
por erros que não apagam
por amor que se pensou bem doado
vivendo as minhas tristezas
por querer ser melhor hoje do que fui ontem
na busca de me amar
para saber amar os outros
numa luta pela Vida
sempre constante, sem dimensão...
vivendo as minhas alegrias
dum sol nascente
com raios de esperança
e pensamento seguro
num caminhar
com corpo e alma renovados
e  a mão divina
ensinando o caminho libertador!

E olhando para ti
espelho da minha Vida
pela minha face lágrimas
com mistura de verdade e esperança,
 uma força que vive em mim
e com humildade aceitar
os desígnios de Deus
num destino que em mim existe
e olhando-te meu espelho da Vida
tu nunca me mentirás!


José Manuel Brazão

Quando não se enfrenta a realidade!

Sonhas, sonhas
em falso na tua Vida.
Não queres ver o que outros vêem
e teus olhos cegaram com a mentira!

Pensas ter acordado
e vês anjos onde não existem,
criaste esse “inferno” em tua Vida.

Anjo pelas primeiras horas
de momentos de amor (sexo com cio)
em vez de momentos de amor
na sua essência
em que aí estaria a tua felicidade!

Assim não é viver,
apenas existes
para cada dia
do resto da tua Vida!

José Manuel Brazão

* Para quem precise de trocar o espelho que mente.

Por amor chego...

Por amor,
por tanto amor,
perco-me na Vida,
não sei quem sou,
não sei já
o que faço!

Por amor
dou-me todo:
sofro,
choro,
peço perdão,
Perdoo
e esqueço o mal!

Por amor
vivo e respiro
quem amo,
como nunca amei!

Destino?

Sim, destino intenso,
com pedras no caminho,
mas o amor
é assim:
não aparece
como um presente!

Conquista-se…!

José Manuel Brazão

sábado, 26 de novembro de 2011

Um gesto de amor!

A vida nos surpreende
a todo o instante
com situações que não se explicam
naquela hora, mas entendemos
mais tarde a sua razão!

A Vida é uma troca
de gestos, de carinhos
de amor incondicional!

No ontem
cruzámo-nos
e buscavas tudo aquilo
que procuro agora!

No hoje
estendeste a mão
para evitar o precipício da Vida
e estou aqui
sorrindo para ti
com o teu belo gesto de amor!

Grato à Vida
por este momento,
no momento certo
com a ajuda de Deus!

Ele e Tu
ajudam-me a continuar
unidos para sempre!

José Manuel Brazão


* Grato a ti que me tiraste das mãos da mentira em forma de Mulher

Teu corpo e tua alma!

Brilha o Sol
e sorri a Lua,
quando ele parte
e ela chega,
entre um por-do-sol
e o nascer dum luar,
nossos corpos
se juntam e ficam
num só corpo
com almas gémeas!

Assim é o nosso amor,
com os momentos de prazer
e o prazer de vivermos
nesta Vida uma constante paixão
e um amor sem limites!

José Manuel Brazão

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Olhos nos olhos!

Quando fecho meus olhos tristes
Teus meigos olhos me invadem
Olhos que sorriem para os meus
Meus olhos rasos d'água diluem-se
Então nesse momento não há como
Desprender meus olhos dos teus
Corpo e alma enfim compreendem
Essa força que nos une e acalanta
Nosso olhar é luz e fogo e graça
Quando juntos é criatividade pura
Ao te ver miro-me em um espelho
Que logo devolve-me cada reflexo
Teu olhar é porto seguro, amor meu
Onde estou ancorada para sempre
De mãos dadas ou amando-nos
Olhos nos olhos, carne na carne
É no céu que nos encontramos
Pudera eu beber cada lágrima vertida
Navegar pela distância desse mar sem fim.

Luciana Silveira

[...]
Admiro o teu olhar.
fixo os meus olhos
nos teus…

pensas na vida
nos sonhos que te invadem,
nas ilusões que tiveste,
nos dramas que esqueceste.

Os teus olhos
procuram os meus gestos,
a minha alegria de viver,
os meus mimos …

Sorris
e os lábios mexem,
com palavras de encanto,
tornando-os sensuais,
desejados...
José Manuel Brazão

Reflexos (da Vida) em mim...

São reflexos da Vida
que guardo e dou por aí...
Da Vida que me sorri,
daquela que me preocupa
e nesta vivência
de mim se aproximam
os que ouvem, reflectem
e depois serão livres
na escolha do seu caminho!

José Manuel Brazão

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Poemas Amigos – Versos com asas… (José Manuel Brazão)



Olha…!
 Contempla no horizonte, os seus versos de amor espalhando
Entre povos de corações dobre…sendo quebrantado
Pelo poder das palavras e versos desse amor incondicional

São versos com asas que nos levam ao  abrigo celestial
Bordando a palavra paixão/amor em letras de ouro fino

Semeando pelo universo nas sombras do tempo
O choro que transforma em riso, tristeza que salta de alegria


Não temas GRANDE poeta
Quando o mal tentar te perseguir e  escurecer
Os seus caminhos, as portas do destino
Te mostra que  o dia vai  nascer, e  todos os dias pessoas...
 Lendo seus poemas com tanta inspiração,
Alguém  passou acreditar no milagre do amor.

Olha para os céus e encontre o  sorriso dos anjos
Que  eternizam os seus versos, em melodia
E nos olhos da alma cansada, 
Essas  águas que descem na sua face
E  que lavaram os dissabores da sua  caminhada...

Há muito tempo quando  as suas lágrimas começaram
 a derramar como uma chuva constante
por palavras que machucaram essa alma enorme

Mas no poder da oração eu peço…
levante a cabeça, não deixe de acreditar no semelhante
porque a usa alma é gigante…
 E ao nosso Senhor, que te de nova direção
para esse  grandioso coração…


Pelos olhos da Fé amigo poeta…
Vejo luzes em sua direção
Como o  brilho de um luar de prata,
E aqueles momentos vividos na sombra do tempo
Transformando em momentos de refrigerio
e paz infínda...

Vem sobre ti…
um dia novo no  horizonte, que anuncia uma eternidade
 e uma tonalidade nova pela manhã, com cores do arco-íris ...
Buscando e encontrado  o destino do amor…

imagino tu a passear com sua eterna amada
E nas tardes de céu azul
Tu a declamar sua bela poesia em voz alta
Ao som das harpas dos anjos
entoando notas em forma de versos...

Não deixe de sonhar...


Poeta não temas as  pedradas lançadas na estrada
Da sua caminhada…
O nosso Senhor Juntou cada uma delas e construiu o seu
 castelo de amor…
 Contempla a sua jornada quantas vidas
Foram edificadas desse seu intenso coração  …

Nina


 Amizade é! determinar a ausência da solidão 
Para preencher de carinho o coração.
Quem tem amigos jamais estará só.
 "A Bíblia nos ensina a amar o próximo e também a amar nossos inimigos provavelmente porque eles em geral são as mesmas pessoas."


NINA minha querida Amiga
Ainda correm lágrimas de emoção e de alegria diante do teu trabalho notável com que me honraste, porque jamais alguém do meio poético se lembrou de dedicar-me  então com palavras de grande generosidade, de amor incondicional, que senti vivamente por seres uma Alma iluminada bem convicta da Missão que cumpres nesta Vida terrena!
Ainda esta tarde me disseste que o Criador era maravilhoso!
Agora Nina sou eu que digo-te que ele é maravilhoso sim, por ter-me concedido o privilégio de conhecer tão grande Mulher e grande Poeta!
Muito obrigado eternamente.
Beijo do ZÉ
José Manuel Brazão

amigo Zé eu é que agradeço a oportunidade de poder ler as suas belas poesias.
Foi muito gratificante para mim poder escrever seu poema amigo
abraço bem gigante
Nina
Ah...que espetacular e merecido demais!!!
A cada carinho que você oferta, mais encanto dá à esta Casa!!
O Zé, é realmente um amigo especial, um poeta de coração e alma grandiosos!!
Lindo, muito emocionante!!
Beijo Nina linda e querida!
Bea
regina ragazzi 
Bravo!!!! Lindoooooo.... Que versos maravilhosos para o nosso amigo Zé... Ele merece essa linda e sincera homenagem amiga. Te vejo falando com a voz do coração. Que amiga linda vc é de todos nós. Beijo carinhoso e fraterno amiga querida.
Lindíssimo,aplausos minha amiga Nina O zé nosso amigo a tempo sabemos da batalha dele,e com certeza venceu e está aqui nos alegrando todos os dias com seus lindos poemas,seus maravilhosos Duetos,com sua alegria nos comentários aos amigos poetas dessa casa.O Zé um amigo de Fé,parabens Nina querida e abençoada amiga
Parabens meu amigo Zé,você tem todo meu carinho e respeito.
abraço dessa sua miga e fã de carteirinha.
    Acalenta
Marcia 
Que coisa mais linda... Zé merece tudoooooo isso e muito mais, pois é uma pessoa sempre presente, amiga, solidária, parabéns a vc e ao Zé, por serem assim, tão queridos!
Luisa Martins disse...
Meu amigo Zé tem amigas que o adoram, amigas de verdade. Estou quase como você elas chegaram-me aos olhos. Como gostaria de o ver com uma cara cheia de alegria.
Um gesto muito bonito e belo. O meu amigo merece isto e muito mais.
Belo poema. Parabéns à autora.
Para si os beijinhos do costume cheios de amizade.
Luisa Martins
Maria Valadas disse...
ZéPoema,
É com emoção que leio um belo poema da poetisa Nina, dedicado a ti... poeta do amor!
És mais que merecedor destas homenagens de seres de bem... e quem tem a Graça de ser sua amiga, sente- se iluminada.
Parabéns Zé, meu amigo, meu confidente.
Nunca esquecerei a amizade que nos une...
Beijos 






Não dá para explicar...

Não dá pra explicar
essa vontade louca
esse arder na boca
Que me faz entristecer

Não dá pra explicar
essa saudade doida
que minha alma açoita
e me faz enlouquecer

Vontade de te ter
vontade de não ser
essa pessoa
Inversa.
Inquieta.
Incerta.
Sem plural
tão só.
Vontade de não ser eu
quando não tenho você..

Sandra Freitas

[....]

Não, não dá para explicar
a saudade louca que tenho de ti,
de sentir teus beijos,
de criar-te alegria de viver
e sentires que és mesmo tu
a Mulher que amo ser assim!

E no nosso encanto da Vida
pacifico tua alma
com a minha sempre presente!

José Manuel Brazão


* Sandrinha como é fácil eu escrever para ti! rrss
Beijokas do ZÉ


Percurso de Vida

Caminho longo
percorrido
com obstáculos
que superei,
uns por mim
e outros ajudado!


Por quem?
Alguém!


No caminho longo
encontrei de tudo,
coisas boas e más.
Pessoas
que me davam a mão,
pessoas
que me traziam no coração,
mas ele era artificial!


Uns
ficaram para sempre.
Outros
ficaram pelo caminho!


Eu
continuo o percurso,
caminho longo…


José Manuel Brazão


O criador nos deu o livre árbitrio pra isso!para escolhermos nossos próprios caminhos.
Cada um segue o seu conforme a sua própria escolha,o seu caminho zé é florido!
pq você é uma pessoa muito iluminada e que faz o bem a todos!
Sei que há momentos ruins pra vc,assim como há momentos ruins pra todos nós.
Mais tenha certeza que,Deus e seus Amigos sempre estarão contigo!

Bjô
Nanda Costa


o criador é maravilhoso...e seu poema está belo demais
abraço amigo
Nina
Nina pois é: o criador é maravilhoso..

Por quem?
Alguém!
Ele está aqui nestes versos!
Beijo do ZÉ