**

**

Outros Blogs do meu grupo:

*

*

domingo, 31 de julho de 2011

Amor sem hesitação

Deitas a cabeça
 no meu braço,
as tuas lágrimas escorrem
e não consegues falar!
Fixo os teus olhos
e eles dizem-me,
que hesitas no amor!
Já não sabes se amas,
se amaste
ou foste amada!
Buscas na vida,
encontros e desencontros
que levam tua alma
para um atalho
do teu caminho...
... sentes a voz que procuras,
 conselheira e companheira
e dirá o que é o amor...
Agarrarás nesse sentimento
que de dificuldade
passou a oportunidade
e pela tua alma
reviverão os encantos da vida,
que secarão as tuas lágrimas
e os teus olhos dirão:
amor sem hesitação!


José Manuel Brazão
* Para ti que neste momento da Vida
precisas deste Poema em teu coração * 

Momento feliz!


Sinto o teu corpo
acariciando o meu,
beijando-o com paixão,
palpitando teu coração,
que nos levará
ao tecto do amor!

Neste amor
todo arrebatador,
teus olhos brilhantes,
viram falantes,
dizendo:
és o homem,
o amor da minha vida!

José Manuel Brazão


 [....]

Sinto-te em mim
em cada parte do meu ser,
está marcado no peito,
tatuado na pele,
impregnado na alma...

Sinto-te o toque,
que leve me envolve
excita o corpo,
alimenta o desejo
entrego-me ao teu beijo,
rendo-me ao prazer

Tens-me nua, provoco tua pele,
enlouqueço tua boca, teu sexo,
sereno o desejo em teu peito...
E no limite dos corpos,
meus olhos aos teus confessam:
És o amor da minha vida!

Anna Carvalho

sábado, 30 de julho de 2011

Quereres e sentires!

Meu amor,
meu desejo por ti
não tem limites
nem existem espaços.

Sei bem
onde te procurar
nos momentos insaciáveis
em que queres
te jogue na cama
te dispa, te ame,
orgasmos
e enorme prazer!

Olhas para mim
e teus olhos falam:
te quero todo aqui dentro!

José Manuel Brazão

Uma Mulher encontrei!

Continuava o meu caminho
quando nossas vidas se cruzaram;
sorriste para mim
esboçaste um carinho
e logo os guardei
no cofre da minha alma.

Tu e eu encontrámos
o sinal de Vida
que ambos buscávamos;
um destino marcado
para uma vivência única!

Tu, Mulher da minha vida,
repleta de sentimentos,
que sempre ambicionei
e teu coração me entregaste.

Esqueceste os sofrimentos
do teu passado
e eu, me libertei
de angústias,
pedras no caminho,
paixões vazias,
amores falhados
e ganhei
dedicação,
amor, muito amor,
lealdade
e entrega infinita.

A vida nos sorri,
momentos felizes
renasceram...
... florescem
e vamos abrir
a porta da Felicidade!

José Manuel Brazão
 

"A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela vida." - Vinicius de Moraes
E nestes encontros e desencontros cada vez sinto mais que TU e EU  não podemos renunciar aos sinais de Deus!
"Ainda que sejamos inábeis ao falar, se as nossas palavras forem ditas com amor, terão o poder de mover as pessoas." (Meishu-Sama) 

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Teu corpo e tua alma!


Brilha o Sol
e sorri a Lua,
quando ele parte
e ela chega,
entre um por-do-sol
e o nascer dum luar,
nossos corpos
se juntam e ficam
num só corpo
como almas gemeas!

Assim é o nosso amor,
com os momentos de prazer
e o prazer de vivermos
nesta Vida
uma constante paixão
e um amor sem limites!

José Manuel Brazão

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Meu regaço de carinho


Em nossas idas e vindas
Nessas linhas
verbais
Quis a vida nosso encontro.
Suas palavras
me afagaram
e me deram
seu ombro,
seu colo gentil.
Seu olhar a me dizer
afetos e me embalar
sob a sonora melodia
de uma nova face do amor:
a cumplicidade.
Partilhamos então
nosso amor
e nossa fúria,
verdades
e amizade,
em versos
e reversos,
que transpoem o limite do mar.
Amados por uns
Preteridos por outros.
Fecundados em nós.

Sandra Freitas



[....]
És linda
como eu te vejo.
mulher carinhosa,
generosa,
humilde na Vida
em que eu sou sempre
melhor que tu,
mas sei do teu valor
de Mulher e de Poeta!

Na Vida
estou um pedação no teu coração
e como mulher crente
estou nos teus momentos de oração!

Na poesia
dás tudo de ti
para vestir as palavras
de verdade,
da tua força interior,
que provoca em mim
ser o teu parceiro ideal
para aquilo que expressas!

Nada mais confortante
do que seres
o meu regaço de carinho!

José Manuel Brazão

O choro pode durar uma noite...

Pela noite
vem a magia,
o silêncio,
a reflexão!
Vem a a Lua,
com a paixão
e o amor!
Vem a nostalgia,
com a tristeza
e o choro!
Vem o sonho
de ideais, ambições,
lutas:
conquista ou derrota,
mas com a esperança
que o amanhecer
traga a alegria
de um novo dia,
que faça esquecer,
aquele choro…!
José Manuel Brazão

Poema baseado numa passagem bíblica:
“O choro pode durar uma noite…
mas a alegria vem ao amanhecer…”


Seu poema me lembra uma obra prima de Charles Chaplin.
Citando:
Poema da Noite
Já chorei vendo fotos e ouvindo musica;
Já liguei só para ouvir uma voz;
Me apaixonei por um sorriso;
Já pensei que fosse morrer de saudade;
E tive medo de perder alguem especial...
(e acabei perdendo)
Já pulei e gritei de tanta felicidade;
Já vivi de amor e fiz muitas juras eternas...
"quebrei a cara muitas vezes!"
Já abracei para proteger;
Já dei risadas quando não podia;
Já fiz amigos eternos;
Amei e fui amado;
Mas tambem já fui rejeitado;
Fui amado e não amei...
Não sei se é a beleza de noite
ou se é o silencio do luar...
Contudo só sei que nos faz pensar.
Parabens pelo poema

Arthur Gameiro

terça-feira, 26 de julho de 2011

Um coração solitário


É noite, é frio, é gelado...
É a solidão me abraçando.
É o inverno chegando.

Você não está ao meu lado.
Estou sozinha e sem o seu calor.
Minha companhia é o meu cobertor.

Se você soubesse o quanto sinto a sua falta.
Jamais duvide do que tento dizer em versos.
Você é o motivo dos meus risos graciosos!

Noite fria, noite sem alegria.
Por onde anda o meu amor?
A quem devoto os meus anseios com fervor?
Não deixe meus sentimentos virarem dor.

Graciele Gessner

[....]

Amo-te
solitário no meu viver!
Não importa se me amas,
se ainda me amas!

Amor
trás sofrimento,
não lamento.

Apenas relembro
para matar a saudade
da minha entrega
sem nada te pedir!

Apenas
sereno a alma,
de dar tudo
que existia em mim!

Paixão,
compreensão!

Que restou:
um corpo com
as marcas do amor
que levarão tempo
para desvanecerem…

O que ficará…
Um amor,
um grande amor,
que se tornou
num coração solitário!

José Manuel Brazão





Mery disse...



Ai que doce, como é lindo o amor...
És um amado poeta.
Beijo de uma admiradora do Brasil,
Mery.


Nair Morbeck Sobrinha disse...

esse coração solitário ai deve ser o meu..rsrsrss


Fênix27 disse...



As belas poesias, são feitas por quem tem em seu sangue e alma, o dom das palavras cheias de sentimentos e o mais puro amor.Em algumas as desventuras e sofrimento por amar alguem.Coração carregado de amor e paixão,faz o poeta entender os sentimentos de cada ser.Colocando em escritos toda a magia de ser um poeta nato.
Passei para uma visita,agradecer teu carinho e me encantar no amanhecer com as tuas poesias.
Bjos.












segunda-feira, 25 de julho de 2011

Sonho

Sonho pela vida
que desejo ter,
que procuro e luto
neste silêncio
que me acompanha!

Sonho
com a família
dispersa, distante,
com a saudade constante,
de um homem
que disfarça ser feliz!


Que vive preocupado,
dando amor
aos que se lembram dele,
lhe aliviam a dor,
o acarinham, o admiram,
o amam,
fazendo esquecer,
as sombras da vida!

Sonho
com a felicidade,
que bate à porta
de cada um
e que um dia
encontrará
minha porta aberta,
para viver em paz
o resto do meu caminho!

José Manuel Brazão



"Sonhe com o que você quiser. Vá para onde você queira ir.
Seja o que você quer ser, porque você possui apenas uma vida
e nela só temos uma chance de fazer aquilo que queremos.
Tenha felicidade bastante para fazê-lo doce. Dificuldades
para fazê-lo forte. Tristeza para fazê-lo humano. E
esperança suficiente para fazê-lo feliz."
Clarice Lispector


Vida e Poesia

Nosso viver é como um oceano
cheio de riquezas e desejos.
Num jeito tão especial e marcante,
dando toques de puros anseios.

Nossas vidas recheadas de inspirações,
nossos versos se enlaçam
e nossos escritos encantam.

Graciele Gessner

[....]

Quando te leio,
tuas palavras
escorrem doçura!

Mulher bela
de sorriso natural,
ternura,
dás à tua beleza
o que vai na tua alma!

Olhas-me e serenas
apenas com o meu olhar!

É apenas o olhar,
porque meu coração
é um coração sofrido!

Aguenta
com as tuas doces palavras
e a ti me entrego...

José Manuel Brazão

Graci
Que bom estes anos de Amizade com admiração e respeito!
Na Vida e na Poesia torcemos um pelo outro.
Beijo grande
do 

Dias melhores virão!


Olho-te fascinado
com as tuas palavras,
com sorrisos
e lágrimas…

Sinto-te
mulher de luta,
mas,
sempre um mas,
no tempo,
os dias não são iguais,
e tu
nuns sentes-te só
e correm imagens mentais,
passam por ti
pessoas e páras em mim:

Sorris, choras,
vês meus abraços abertos,
vens para mim,
abraço forte,
olhamo-nos,
beijamo-nos,

E digo-te
olhos nos olhos:
“dias melhores virão…”.

José Manuel Brazão


Lembrar é fácil para quem tem memória,
esquecer é difícil para quem tem coração.
William Shakespeare

domingo, 24 de julho de 2011

Amor eterno

Open in new window
Esta poesia de amor
que enche
meu corpo e alma
me leva a escrever o amor
que encante, acalente,
enfim, que crie
momentos felizes!

Um poeta que sonha,
Sonha muito,
que perfuma corações
abertos a paixões,
escrevendo amor eterno,
quando eterno para este homem,
apenas o de sua Mãe!

José Manuel Brazão


- Amado e querido poeta, de sua caneta virtual ou não, me sacio dos seus versos como se fosse pão e água para meu Um poeta que sonhaviver, com versos tão bem projetados vocalicamente, tiro da minha mente o que destroi e inovulo os teus versos, ai sim a felicidade é uma constante: "Um poeta que sonha/momentos felizes/apenas e de sua mãe", olha que atitude belíssima de se exaltar esse ser que nos gera o nos proporciona a possibilidade de ser poeta.
 Abraço amigável. 
 Mário Bróios.


sábado, 23 de julho de 2011

Serei assim até ao fim!

Nesta caminhada,
aprendi o bastante,
para nesta vida constante,
me entregar!

Errei.
muitas vezes
Por imaturidade,
ignorância,
rebeldia,
mas nunca por saber tudo !

Procurei
compreensão,
tolerância, compaixão!
Pouco recebi…

Virei
a página da vida,
que me enganava,
me torturava,
sem saber o porquê?

Mudei
sinto-me bem comigo
e com os outros!.
Cada porta fechada,
agora está aberta!
Respiro
como nunca respirei!
Dou um sorriso
e recebo muitos!
Dou amor
recebo muito;
com carinho,
afecto, beijo,
sorriso e respeito!

Encontrei
o equilíbrio, a lucidez,
para me entregar
aos outros
que amam
ou que de mim precisam!
Dou
sem nada pedir!

José Manuel Brazão

Angústia de um amor!

Foi belo
o amor que te dei
e os momentos vividos,
que não se repetem,
apenas ficam
na memória do tempo!

Foi belo
aquele amanhecer
que gerou dentro de ti,
a paixão, o amor
nunca antes vivido
e que voou
pelo mar imenso
e nos juntou
num sentir
forte,
muito forte,
que parecia eterno!

Um eterno
enquanto durou…

Até anoitecer…

Ficam marcas
desta paixão,
deste amor original,
distante
que uniu corações
que só nós entendemos
e o destino...

José Manuel Brazão 

"A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela vida." 
Vinicius de Moraes
 

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Alegria volta para mim!

A alegria
minha companheira
de tantos anos,
de repente
zangou-se comigo!

Não sei
o que lhe deu,
nem tão pouco
o que lhe fiz!

Não a estimei?
Talvez!

Cansei
de disfarçar,
muitos obstáculos,
ultrapassei!

O disfarce
desgastou-me
e as forças
foram gastas
e não recuperadas!

Não é tarde!

Saberei
procurá-la,
acarinhá-la
e trazê-la
de novo para mim!

Afinal,
quem estava zangado?

Eu…!

José Manuel Brazão

Ingrid
 disse...


querido amigo, a alegria por vezes tira férias..
mas sempre volta logo..



beijos perfumados..
Ing querida
Nas nossas conversas
só tem existido
ALEGRIA! rrss
Beijo do ZÉ





















quinta-feira, 21 de julho de 2011

Um gesto de amor!

A vida nos surpreende
a todo o instante
com situações que não se explicam
naquela hora, mas entendemos
mais tarde a sua razão!

A Vida é uma troca
de gestos, de carinhos
de amor incondicional!

No ontem
cruzámo-nos
e buscavas tudo aquilo
que procuro agora!

No hoje
estendeste a mão
para evitar o precipício da Vida
e estou aqui
sorrindo para ti
com o teu belo gesto de amor!

Grato à Vida
por este momento,
no momento certo
com a ajuda de Deus!

Ele e Tu
ajudam-me a continuar
unidos para sempre!

José Manuel Brazão



 Deus e quando eu não puder; ajuda-me a continuar... 
Anna Carvalho

TERCEIRA MARGEM DO RIO UIGE disse...

Quando se fala em gestos de amor, no entender de algumas pessoas pode necessitar demonstrações grandiosas e explícitas para que todos vejam. No entanto, o amor não necessita ser acompanhado de um tom exagerado, nem de matizes fortes e, sim, de espontaneidade. O amor é tão generosamente simples que não precisa de manifestações estupendas para se revelar. Ele é o AMOR. e BASTA.
Sou sua admiradora. Gratíssima por mais um belo momento de leitura.


Sendo os gestos de amor para se doarem discretos, a voz do meu coração não se calará por gratidão!
José Manuel Brazão

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Nosso amor não se explica!!!

Sem toques
sexo,
orgasmos,
noites quentes.
Só ausências
Só distância
indiferença.
Sem romance
nem olhares
ou presentes.
sem perfumes
sem palavras
só silêncio.
Sem promessas
sem passeios
só receios.
E a sensação
de que esse amor se alimenta do tempo.

Sandra Freitas


[....]

Não me deixas ficar mais assim...
Ansioso como estou
por te ter,
com o teu coração
explodindo desejo,
pelos meus versos
escorrendo amor
que percorrem
todos os pedaços
do teu corpo
da tua alma,
enfim …
com a tua vontade
de me querer agora,
Dou-te tudo …
o amor …
este amor louco,
que me provocas
com a tua sede de me beber!

Dou-te tudo …
o que me pedires,
até me sentir dentro de ti!

osé Manuel Brazão